11 de ago de 2011

Primeiro-ministro do Japão pode renunciar no fim de agosto



O primeiro-ministro do Japão, Naoto Kan, afirmou que renunciará depois que dois projetos de lei considerados fundamentais forem aprovados, o que pode acontecer no fim de agosto.

Segundo a NHK, Kan condicionou sua renúncia à aprovação de três projetos tidos como vitais, relacionados à recuperação do país. O segundo orçamento suplementar já passou pela Dieta; os outros dois referem-se à emissão de bônus para cobertura de déficits e à promoção de energia renovável.

Assim que as condições forem satisfeitas, Kan deverá renunciar, para, então, um novo primeiro-ministro ser escolhido pela Dieta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário